...A pontuação é a respiração da frase e minha frase respira assim. E se você me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar! ...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Criança diz cada uma...

Meu filho Igor com 1 ano no dia do batizado dele. Todo vergonhoso! Meu filho Igor hoje, 16 anos se passaram e depois que você chegou em minha vida, o mundo ficou melhor. Te amo meu filho. # Hoje me deu uma saudade do tempo em que meu filho era um pinguinho de gente. Comecei a recordar as coisas que ele dizia e eu tinha que adivinhar. Agora quando conto pra ele as coisas que ele fazia e a forma como ele dizia, ele acha graça, e custa a acreditar. Apu era água, cabeful era carrefour, duichi era ir comer sanduiche no m'cDonalds, lananja era laranja,fofanti era elefante... e assim era o dicionário do Igor, só eu entendia. # Igor não era uma criança medrosa, talvez porque desde cedo ele brincava com aqueles monstrinhos de desenhos japoneses, do ultraman, power rangers,dinossauros... Quando retornamos ao Brasil ele estava com 2 anos e meio, e era piscar o olho que ele saia correndo.
Uma vez ele entrou em um carro de lotação e sentou lá no banco do fundo, eu pensando que ele estava com o pai dele, o pai achando que ele estava com a avó,e a avó achando que ele estava com a gente,ele simplesmente saiu e ninguém viu, a sorte que ele foi reconhecido pelo cobrador da lotação que já nos conhecia e trouxe o Igor de volta. #
Outra vez, estava tendo um almoço na casa da bisavó do Igor, e após o almoço o Igor foi brincar no jardim, de repente ele entrou na sala arrastando pelo rabo um gato morto enorme que ele encontrou no jardim, um dos cachorros da casa havia matado esse gato, e o Igor nem sabia que o gato estava morto, e foi dificil convencer ele que o gato tinha que ser enterrado. * Dificil também foi explicar pra ele que não podiamos ter um golfinho em casa, ele chorou muito quando foi assistir um show de golfinhos no aquário e pensou que poderia trazer pra casa.
# # O berreiro maior foi quando levamos ele na Disneylândia. Pensávamos que ele iria adorar, mas... ao ver os personagens se aproximando dele, o Igor abriu o berreiro.
E hoje quando contamos deste passeio, ele não acredita que teve medo até do Tico&Teco. Mas eu confesso: Acho que ele parece comigo,pois até hoje tenho medo de palhaço. # São tantas lembranças preciosas, muitas fotos e filmagens, algumas roupas, brinquedos,alguns cadernos com os primeiros rabiscos, as primeiras letrinhas aprendidas. Eu postei um pouco sobre o meu filho porque fiquei com tantas saudades de quando ele era meu pingo de gente.
O blog BEBELA EM CONTA-GOTAS , que me fez sentir saudades daquela época.
O blog foi criado porque uma mãe decidiu escrever todos os momentos que passa com a filha, uma forma de guardar e eternizar tudo sobre a filha, para que a filha um dia leia.
Fiquei horas visitando o blog, gostei demais, em muitas coisas acontecidas e escritas no blog eu identifiquei com o meu filho, algumas perguntas,algumas palavras,gestos inocentes coisas de criança.
Criança diz e faz cada uma, mas é muito bom compartilhar com elas esses momentos.

9 comentários:

  1. Mas que susto esse episódio da lotação hein rs. Criança apronta mesmo rs...
    o tempo passa rápido demais né? Hj seu filho já é praticamente adulto!

    Deve dar saudades mesmo, de qdo seu filho era pequeno... mas o bom que ele é um bom filho, se desenvolveu bem e hj te dá orgulho né mãe?
    bjs boa noite!

    ResponderExcluir
  2. Ah...filhos...eu às vezes fico lembrando do meu tb qdo era pequeno, hoje está um homem com 30 anos.
    O tempo passou muito rápido.


    Vc já visitou esse blog aqui:

    http://meninaspoderosasdoblog.blogspot.com/

    Ainda não! Está esperando o que?

    Vc vai gostar!

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lilian

    Aqui, só está morando comigo um de meus filhos. Tenho 3, dois meninos e uma menina. E é ela, a do meio, que está com a gente, por força do trabalho e estudos.
    O mais velho trabalha e mora aqui na região metropolitana, mais perto da Capitla e o mais novo ainda faz Facul e está lá em nossa casa.
    Minha filha adora essas lembranças. Lembra de muita coisa dela mesma e dos irmãos. Rimos muito e também tenho muitas saudades.

    Que tempinho bom.

    Lindo post.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  4. Feliz Metade do Ano Lilian.

    Ótima tarde.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Oi Lilian
    vim agradecer e retribuir a sua visita!
    Pois é, o tempo voa....
    Minha filha tem 11 anos e meu filho tem 7 anos.
    Me lembro que quando eles eram pequenos, eu vivia falando: não vejo a hora de engatinhar, não vejo a hora de andar, e agora, tenho tantas saudades daquela epoca que eu podia amassar eles, dar muitas bitocas....
    Mas criamos os filhos para o mundo, não é mesmo?
    O seu já é um adolescente.....ai ai, fico imaginando a minha filhota....kkkkk ta quase aí.
    Bom, vou passear um pouco pelo seu blog.
    ah, e volte mais vezes, vou adorar!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. TEm que ficar de olho nas crianças não? fiquei lendo seu post e lembrando de coisas da minha infância e de coisas que meu irmão aprontava..rsrrs...

    ResponderExcluir
  7. Lilian,

    Tenho um filho de 13 anos e sei muito bem o que significa essa saudade de quando era pequeno. Amamentei até 1 ano e quando conto a ele fica rindo, se sentindo todo adulto, vai entender. E esse dicionário é a língua do amor incondicional, realmente ser mãe é padecer no paraíso.

    Seu filho é lindo, puxou a mãe.

    Você mora no meu coração, acredite, menina linda.

    Beijo bem grandão.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  8. POIS É AMIGA,NÃO EXISTE NADA MELHOR QUE LEMBRARMOS DAS PERIPÉCIAS QUE ELES APRONTAVAM QUANDO AINDA PEQUENINOS,TENHOS TRÊS E,HOJE TODOS JÁ ADUTOS, UM DELES JÁ PAI E, SE DESCOBRINDO,PASSANDO POR EXPERIÊNCIAS QUE ONTEM FORAM DOS AVÓS

    ResponderExcluir
  9. OI Lilian, muito obrigada pela visita.
    Lindo o post sobre seu filho!!!
    bjs

    ResponderExcluir

Fico feliz com sua visita e seu comentário.Ter você aqui é ter sua presença em forma de palavras!
E ai? O que você tem pra me dizer? Vamos prosear? e que importância tem se as palavras forem repetidas? Só de você estar aqui já me faz feliz!