...A pontuação é a respiração da frase e minha frase respira assim. E se você me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar! ...

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Ultimamente tenho acompanhado através da tv e da internet muitas noticias de maus tratos infantis. Recentemente a notícia que mais me chocou foi de uma menina de 2 anos de idade que estava sob a guarda provisória da procuradora aposentada Vera Lúcia de Santanna Gomes.
A procuradora negou que tenha agredido à filha adotiva. Ela apenas confessou em depoimento à delegada titular da 13ª DP, Monique Vidal, que chamou sua filha de "cachorrinha", fato que para ela não teria problema algum já que gosta muito de cachorro. Com a ingenuidade de seus 2 anos, a menina T. relatou a membros do Conselho Tutelar da Zona Sul e do Ministério Público Estadual como surgiram as marcas de espancamento em seu corpo. Machucada, T. foi levada para o Hospital Miguel Couto, na Gávea. Lá, os médicos constaram luxações e hematomas, principalmente nos olhos, face e cabeça. Apesar de ter apenas 2 anos, a vida de T. nunca foi fácil.
Abandonada duas vezes pela mãe biológica, a menina morou em abrigos quase todo o seu tempo de vida e há dois meses passou a receber as visitas da procuradora, depois de autorização da Justiça. Carinhosa, T. rapidamente se afeiçoou a Vera Lúcia, a quem já chamava de mãe.
O novo lar confortável e a nova mãe pareciam ser perfeitos. MAS NÃO FOI!!!!! E agora? Que marcas (além das cicatrizes físicas) ficarão nesta criança? Que podemos esperar de uma criança com tantos traumas? Na minha opinião a mãe biológica é a maior culpada, pois foi ela quem causou a maior cicatriz nessa menininha de 2 anos, a mãe abandonou a filha. E não me importo nem 1 pouco em querer saber se essa mãe teve um passado cheio de dores e sofrimento. Não importa! Conheço muitas estórias de mães guerreiras que fazem de tudo para criar seus filhos e vencem. Essa mãe é uma imprestável, assim como essa mãe adotiva também foi. Eu espero que aconteça a justiça divina e que as duas sofram bastante, e que em seus ventres JAMAIS consigam gerar uma vida, nessa vida e em outras vidas! OS ANJOS (Legião Urbana,Composição: Renato Russo)
Hoje não dá Hoje não dá Não sei mais o que dizer E nem o que pensar Hoje não dá Hoje não dá A maldade humana agora não tem nome Hoje não dá Pegue duas medidas de estupidez Junte trinta e quatro partes de mentira Coloque tudo numa forma Untada previamente Com promessas não cumpridas Adicione a seguir o ódio e a inveja Dez colheres cheias de burrice Mexa tudo e misture bem E não se esqueça antes de levar ao forno temperar Com essência de espírito de porco Duas xícaras de indiferença e um tablete e meio de preguiça Hoje não dá Hoje não dá Está um dia tão bonito lá fora E eu quero brincar Mas hoje não dá Hoje não dá Vou consertar a minha asa quebrada E descansar Gostaria de não saber destes crimes atrozes É todo dia agora e o que vamos fazer? Quero voar pra bem longe mas hoje não dá Não sei o que pensar e nem o que dizer Só nos sobrou do amor A falta que ficou

3 comentários:

  1. Eu tb não entendo como o ser humano pode fazer uma coisa dessas...e ainda se considerar humano.
    É muito triste, de verdade.
    Vc viu o Conexão Reporter dos padres confessando pedofilia? Tem até video do padre transando com um moleque. Eu fiquei chocado tb.

    Tá na hora do mundo mudar né? Não dá mais pra viver desse jeito não.
    Boa noite p vc e família

    ResponderExcluir
  2. Está "suposta mãe" me causa nojo

    ResponderExcluir

Fico feliz com sua visita e seu comentário.Ter você aqui é ter sua presença em forma de palavras!
E ai? O que você tem pra me dizer? Vamos prosear? e que importância tem se as palavras forem repetidas? Só de você estar aqui já me faz feliz!