...A pontuação é a respiração da frase e minha frase respira assim. E se você me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar! ...

quarta-feira, 5 de maio de 2010

MONTE FUJI

Essa semana, aproveitei o feriado prolongado aqui no Japão e fui com meu esposo e meu filho visitar o MONTE FUJI. Em 1992 fui ao Monte Fuji em excursão com amigos, e por coincidência o mês também era MAIO. Nas duas vezes que visitei o local, escolhi o mês de maio por que é um mês em que o Monte Fuji esta com neve somente no topo(igual as fotos dos cartões postais).O monte Fuji é um dos símbolos mais conhecidos do Japão, sendo frequentemente retratado em obras de arte e fotografias e recebendo muitas visitas de alpinistas e turistas.

O dia estava lindo, perfeito para admirar uma das “Três Montanhas Sagradas” do Japão. É a montanha mais alta do país, com 3.776 metros de altitude.

É um vulcão ativo, sendo que a última erupção ocorreu entre 16 de dezembro de 1707 e terminou em 1 de janeiro de 1708. Desde então, não houve qualquer sinal que possa indicar risco de uma nova erupção, assim o Monte Fuji é classificado como um vulcão ativo de baixo risco. Esta foto eu tirei de dentro do carro, avistar o monte Fuji é sempre uma alegria. Apesar de saber que eu teria melhores ângulos alguns kms a frente,não pude esperar, a emoção da 1ª vista é de imensa felicidade. Devido à atividade vulcânica, a área ao redor do Monte Fuji possui uma enorme quantidade de rocha ígnea altamente magnética. Essa área de floresta selvagem é chamada de Aokiga Harajukai, ou Mar de Árvores Aokiga. Aokigahara, também conhecida como Mar das Árvores, é uma floresta que surge na base do Monte Fuji.

A floresta é alvo de muitas lendas. Existem muitos mitos sobre monstros, fantasmas e outros tipos de criaturas. Isso é consequência de uma péssima fama que Aokigahara adquiriu com o tempo. A floresta é o lugar do Japão onde as pessoas mais se suicidam, e o terceiro lugar do mundo onde ocorre tal tipo de morte. Vários suicídios são reportados por ano naquela área. Dizem que o espírito dos suicidas vagueia para sempre na floresta. As autoridades, então, colocaram várias placas e sinais onde tentam auxiliar a pessoa desesperada. AQUI você encontra algumas fotos e fatos sobre a floresta. Há pelo menos duzentos anos Aokigahara carrega a fama de abrigar os yurei – como são chamadas as almas penadas de gente que partiu antes da hora. Estudiosos em manifestações paranormais dizem que as árvores do bosque dos suicidas têm energia maligna por causa do número de suicídios e, por causa disso, não querem que as pessoas deixem o bosque. O escritor Wataru Tsurumui definiu o bosque como “o lugar perfeito para morrer”em seu livro “The Complete Manual of Suicide”. Adorei visitar o MONTE FUJI ,aproveitei bastante o passeio e confesso que é o lugar que mais gostaria de visitar repetidas vezes.

2 comentários:

  1. OI AMIGA
    MUITO INTERESSANTE SEU POST,GOSTE DE CONHECER UM POUCO MAIS DA CULTURA JAPONESA
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  2. Dá uma emoção ver o Fuji né? Agora é se preparar pra escalar o Fuji em agosto! Ia ser bem legal!!!

    e sua foto do Fuji tá linda. A primeira vez que fui ver o Fuji voltei tão chateado rs... tava nublado, não dava pra ver nada rs...

    Eu fui dar uma olhada por dentro da Aokiga... confesso que não gostei. O lugar é sombrio, cheio de placas contra suicídio...e tem uma energia pesada. Uma pena escolher um lugar tão bonito, como é a região, para terminar a vida. Viver é bom, apesar dos problemas que todo mundo tem, não é?

    Adorei seus posts! Qta novidade legal

    ResponderExcluir

Fico feliz com sua visita e seu comentário.Ter você aqui é ter sua presença em forma de palavras!
E ai? O que você tem pra me dizer? Vamos prosear? e que importância tem se as palavras forem repetidas? Só de você estar aqui já me faz feliz!