...A pontuação é a respiração da frase e minha frase respira assim. E se você me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar! ...

sábado, 28 de fevereiro de 2009

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Uns se sentam e choram...
outros se levantam e fazem.
*
*
Sob o mesmo estímulo exterior, uns endurecem, outros amolecem e outros interferem modificando o próprio meio que proporciona o estímulo.
Quem nos conta uma parábola que exemplifica isso é o Edgardo Caramella, de Buenos Aires. Em três recipientes com água fervendo, coloque:
uma cenoura no primeiro,
um ovo no segundo
e chá no terceiro.
O estímulo exterior é o mesmo: a água fervendo.
No entanto, cada qual reage de forma diferente.
A cenoura fica macia,
o ovo fica duro
e o chá interfere com o próprio estímulo exterior,
alterando sua cor e conferindo-lhe sabor. Os seres humanos são assim.
As adversidades fazem com que alguns fiquem rígidos;
outros, brandos.
Mas os que seguem a nossa filosofia, usam as adversidades para influenciar o próprio meio que as proporcionou: modificam o mundo em que vivemos!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

ODEIO CARNAVAL NA TV... Não moro num PAÍS TROPICAL,moro atualmente no Japão,acho que aqui também não há muita benção de Deus,porque tem terremoto,vendaval,chove muito,é muito frio...mas...em fevereiro,tem CARNAVAL! Aqui é carnaval o tempo todo, depois que os brasileiros começaram a vir é carnaval o ano todo,qualquer festa de brasileiro tem que ter samba! Até ai tudo bem,pois acho que a cultura brasileira deve ser divulgada, mas ter que aguentar carnaval na tv,estando no Japão,perai é F*&#@ Sou assinante da GLOBO INTERNACIONAL,pago esse canal pra assistir noticias,novelas,BBB9 e a 4 dias essa M*%@... transmite carnaval...Começou com o desfile de SP,depois foi pro galo da madrugada,depois pra Salvador e agora ta no Rio,quando isso vai acabar????? Odeio carnaval na tv,que graça tem ficar sentada,vendo as pessoas dançando,cantando e curtindo,sem contar que aqui o frio ta de lascar. Acho que nem no Brasil estão transmitindo tanto carnaval assim na tv...Palhaçada!!! E amanhã ainda tem a transmissão da votação pra ver a escola vencedora e depois de amanhã....adivinha!Desfile da escola campeã...E se for igual a transmissão do ano passado,ainda vai transmitir o final do carnaval de Salvador do encontro de trios que só acaba na 4ª feira de cinzas no Brasil. Uma semana assistindo carnaval na tv...Ninguém merece!!!!!!

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Ichi rittoru no namida
1 litro de lágrimas
Hoje me emocionei muito ao assistir essa série de 11 episódios de drama japonês da Fuji Television que conta a história sobre a vida de uma colegial chamada Aya de 15 anos.
Este drama foi baseado em um fato real, de uma menina de 15 anos que sofreu uma doença incurável, contra a qual,Aya lutou até seus 25 anos.
A história foi baseada no diário de Aya Kifuji (*19 de Julho de 1962 - +23 de Maio de 1988).
No diário ela relatava sua luta diária contra a doença.
O livro que surgiu mais tarde intitulado "1 litro de Lágrimas" vendeu mais de 1,8 milhão cópias no Japão inteiro.
Suas últimas palavras em seu diário foram: "O fato de eu estar viva é uma coisa tão encantadora e maravilhosa que me faz querer viver mais e mais".
*
Sinopse: Aya é uma menina de 15 anos, filha de uma família simples.
O pai, que possui uma loja de tofu, a mãe, Shioka,que é higienista e os três irmãos, Ako, Hiroki E Rika.
Entretanto, a vida de Aya vai, aos poucos mudando, ao perceber que tem levado tombos freqüentemente e anda de um modo estranho.
A mãe, Shioka, pede para que Aya vá ao médico para ser examinada.
O médico informa que Aya tem Degeneração Espinocerebelar - uma doença que deteriora o cérebro gradualmente até o ponto que a vítima não pode andar, falar, escrever, ou comer. A doença não afeta a mente nem a memória.A partir daí começa uma luta desesperada de sua família e amigos à procura de uma chance de cura para Aya.
Eu desafio alguém que consiga assistir e não chorar...
Me emocionei do início ao fim, o filme faz a gente valorizar muitas coisas e principalmente a trocar a palavra DESCULPA por OBRIGADO.
Para quem aceita o desafio de assistir e tentar não chorar , abaixo estão os links dos capítulos da série(legendado em Português).
Pronto???
Segure as lágrimas e clique no nº abaixo:
PARTE 1
PARTE 2
PARTE 3
PARTE 4
PARTE 5
PARTE 6
PARTE 7
PARTE8
As outras partes estão disponíveis no mesmo site (youtube).Quem não conseguir achar me mande 1 comentário com email q estarei enviando as partes em ordem.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Ao amadurecer, descobrimos que a grama do vizinho não é mais verde coisíssima nenhuma. Estamos todos no mesmo barco. Há no ar um certo queixume sem razões muito claras. Converso com mulheres que estão entre os 40 e 50 anos, todas com profissão, marido, filhos, saúde, e ainda assim elas trazem dentro delas um não-sei-o-quê perturbador, algo que as incomoda, mesmo estando tudo bem. De onde vem isso? Anos atrás, a cantora Marina Lima compôs com o seu irmão, o poeta Antonio Cícero, uma música que dizia:
‘Eu espero/ acontecimentos/ só que quando anoitece/ é festa no outro apartamento’ . Passei minha adolescência com esta sensação: a de que algo muito animado estava acontecendo em algum lugar para o qual eu não tinha convite. É uma das características da juventude: considerar-se deslocado e impedido de ser feliz como os outros são, ou aparentam ser. Só que chega uma hora em que é preciso deixar de ficar tão ligada na grama do vizinho. As festas em outros apartamentos são fruto da nossa imaginação, que é infectada por falsos holofotes, falsos sorrisos e falsas notícias. Os notáveis alardeiam muito suas vitórias, mas falam pouco das suas angústias, revelam pouco suas aflições, não dão bandeira das suas fraquezas, então fica parecendo que todos estão comemorando grandes paixões e fortunas, quando na verdade a festa lá fora não está tão animada assim. Ao amadurecer, descobrimos que estamos todos no mesmo barco, com motivos pra dançar pela sala e também motivos pra se refugiar no escuro, alternadamente. Só que os motivos pra se refugiar no escuro raramente são divulgados pra consumo externo. ‘Todos são belos, sexys, lúcidos, íntegros, ricos, sedutores, social e filosoficamente corretos. Parece que ninguém, nenhum deles, nunca levou porrada. Parece que todos têm sido campeões em tudo’. Fernando Pessoa também já se sentiu abafado pela perfeição alheia, e olha que na época em que ele escreveu estes versos não havia esta overdose de revistas que há hoje, vendendo um mundo de faz-de-conta. Nesta era de exaltação de celebridades - reais e inventadas - fica difícil mesmo achar que a vida da gente tem graça. Mas tem. Paz interior, amigos leais, nossas músicas, livros, fantasias, desilusões e recomeços, tudo isso vale ser incluído na nossa biografia. Ou será que é tão divertido passar dois dias na Ilha de Caras fotografando junto a todos os produtos dos patrocinadores? Compensa passar a vida comendo alface para ter o corpo que a profissão de modelo exige? Será tão gratificante ter um paparazzo na sua cola cada vez que você sai de casa? Será bom só sair de casa com alguém todo tempo na sua cola a título de segurança? Estarão mesmo todas essas pessoas realizando um milhão de coisas interessantes enquanto só você está em casa, lendo, desenhando, ouvindo música, vendo seu time jogar, escrevendo, tomando seu uisquinho? Tenha certeza que as melhores festas acontecem sempre dentro do nosso próprio apartamento. Martha Medeiros
Igor,meu filho...
Não sei se o mundo é bom, mas ele ficou melhor
depois que você chegou
e explicou o mundo pra mim...
Faleceu o ex-deputado e empresário Sérgio Naya, de 65 anos , que foi encontrado morto na tarde desta sexta-feira dia 20 em um quarto do hotel Jardim Atlântico, em Ilhéus, no sul da Bahia.
Ele estava hospedado desde o dia 13 de fevereiro e participava de reuniões de negócios.
Tal acontecimento me fez lembrar, mesmo que inconscientemente, do desabamento do prédio Palace II, na Barra da Tijuca, em 22 fevereiro de 1998 (o mês é coincidência), que causou a morte de 8 pessoas, além de vitimar 120 famílias, que perderam tudo. O argumento, naquela época, era de que as fundações do prédio haviam sido conduzidas de forma irregular, ou seja, ilegais. No próximo dia 22, o desabamento do Palace II completa onze anos. O ex-deputado foi condenado a pagar indenizações que variavam entre R$ 200 mil e R$ 1,5 milhão a cerca de 120 famílias do Palace II. Alegou, contudo, não ter dinheiro, e seus bens começaram a ser leiloados. Muitas famílias ainda estão sem receber suas indenizações. Espero que já que não houve justiça na terra... Que ele pague suas dívidas pra onde ele foi! ..... Desabafei...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Isso também passa
Numa de suas visitas ao Chico Xavier, um companheiro observou, afixado acima da cabeceira da cama do médium, um pequeno papel com os dizeres "Isso também passa".
Chico explicou:
"Em minhas preces costumeiras sempre declarava a Emmanuel que gostaria de receber um lembrete que pudesse me ajudar nas lutas, e servisse de estímulo todas as vezes que eu o lesse. O generoso Espírito Maria enviou-me esta frase: "ISSO TAMBÉM PASSA"
Será bom para mim, quando estiver com problemas e dificuldades, ela me ajudará... Mas também quando estiver alegre, sorridente e muito feliz também devo lê-la. Aí terei mais moderação..."
Dedico essa sabedoria de Chico Xavier a todas as pessoas que estão passando por momentos difíceis,que estão enfermos,desempregados,solitários,e,aqueles que perderam entes queridos.
Momentos difíceis sempre haverá.Momentos os quais temos que passar sendo eles bom ou não, para o nosso próprio aprendizado. Procure lembrar que: "NADA É POR ACASO". Absolutamente nada. Por isso temos que nos preocupar em fazer a nossa parte,da melhor forma possível... " O amor equilibra, e, a dor restaura..Deus assopra!Deus ampara! "
Talvez esse seja o MELHOR MOMENTO de ter ao alcance dos olhos a frase : "ISSO TAMBÉM PASSA."

Muitos querem uma paixão assim: Como essa mostrada no vídeo acima! Uma paixão que desarruma a cama e a vida!!! * * "....Os nossos maiores problemas não estão nos obstáculos do caminho, mas na escolha errada..." Augusto Cury

QUEM É??????? Este homem é Steven Paul Jobs, mais conhecido como Steve Jobs é um empresário co-fundador das empresas de informática Apple Inc, da NeXT e do estúdio Pixar. Criou alta notoriedade em torno de seu nome por levar a cabo uma política industrial que valoriza a inovação e o design de seus produtos. Hoje assisti um vídeo de um discurso que Steve Jobs fez em uma formatura de Stanford. Belíssimo discurso. Belíssima pessoa. Não é a toa que ele conseguiu tudo o que sonhou. A maior inteligência não é o "saber tudo" de todos os assuntos, mas sim saber o que quer. E trabalhar para conseguir. Discurso: "Estou honrado de estar aqui, na formatura de uma das melhores universidades do mundo.
Eu nunca me formei na universidade.
Que a verdade seja dita, isso é o mais perto que eu já cheguei de uma cerimônia de formatura. Hoje, eu gostaria de contar a vocês três histórias da minha vida. E é isso. Nada
mais. Apenas três histórias.
A primeira história é sobre ligar os pontos. (...)
Você não consegue conectar os fatos olhando para frente. Você só os conecta quando olha para trás. Então tem que acreditar que, de alguma forma, eles vão se conectar no futuro. Você tem que acreditar em alguma coisa - sua garra, destino, vida, karma ou o que quer que seja. Essa maneira de encarar a vida nunca me decepcionou e tem feito toda a diferença para mim.
Minha segunda história é sobre amor e perda. (...)
Às vezes, a vida bate com um tijolo na sua cabeça. Não perca a fé. Estou convencido de que a única coisa que me permitiu seguir adiante foi o meu amor pelo que fazia. Você tem que descobrir o que você ama. Isso é verdadeiro tanto para o seu trabalho quanto para com as pessoas que você ama. Seu trabalho vai preencher uma parte grande da sua vida, e a única maneira de ficar realmente satisfeito é fazer o que você acredita ser um ótimo trabalho. (...) Então continue procurando até você achar. Não sossegue.
Minha terceira história é sobre morte. (...)
Ninguém quer morrer. Até mesmo as pessoas que querem ir para o céu não querem morrer para chegar lá. Ainda assim, a morte é o destino que todos nós compartilhamos. Ninguém nunca conseguiu escapar. E assim é como deve ser, porque a morte é muito provavelmente a principal invenção da vida. É o agente de mudança da vida. Ela limpa o velho para abrir caminho para o novo.(...)
O seu tempo é limitado, então não o gaste vivendo a vida de terceiros.
Não fique preso pelos dogmas, que é viver com os resultados da vida de outras pessoas.
Não deixe que o barulho da opinião dos outros cale a sua própria voz interior.
E o mais importante: tenha coragem de seguir o seu próprio coração e a sua intuição. Eles de alguma maneira já sabem o que você realmente quer se tornar. Todo o resto é secundário.
Quando eu era pequeno, uma das bíblias da minha geração era o Whole Earth Catalog. Foi criado por um sujeito chamado Stewart Brand em Menlo Park, não muito longe daqui. (...) Na contracapa havia uma fotografia de uma estrada de interior ensolarada, daquele tipo onde você poderia se achar pedindo carona se fosse aventureiro. Abaixo, estavam as palavras: "Continue com fome, continue bobo". Foi a mensagem de despedida deles. Continue com fome. Continue bobo.
E eu sempre desejei isso para mim mesmo. E agora, quando vocês se formam e começam de novo, eu desejo isso para vocês. Continuem com fome. Continuem bobos.Muito obrigado a todos vocês. Steve Jobs" Vídeo do discurso: http://video.google.com/googleplayer.swf?docid=-3827595897016378253&hl

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Saudade
é um pouco como fome.
Só passa quando se come a presença.
Mas às vezes
a saudade é tão profunda que a presença é pouco:
quer-se absorver a outra pessoa toda.
Essa vontade de um ser o outro
para uma unificação inteira
é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida...
Clarice Lispector

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Essa foto hoje eu dedico a algumas pessoas que vi, conheci, gostei, confiei, defendi, amei, enfim...Uns alguéns que passaram em minha vida...eram exatamente assim: Lobos em pele de cordeiro.
Pensando nas diversas situações que tenho presenciado constantemente, uma delas me chamou à atenção :O DESEJO DE SER IMPORTANTE.
Seja em casa, na rua, no trabalho (onde mais tenho visto isso acontecer), em qualquer lugar a questão do reconhecimento faz uma grande diferença na vida de qualquer pessoa. Tem aquelas pessoas que insistem em mentir dizendo que não almejam coisas grandiosas e que gostam de passar despercebidos por algumas coisas.
M E N T I R A !!!
Até que ponto isso é verdade? Seria humildade?
O ser humano é dotado de vontades e desejos.
Sigmund Freud dizia que tudo em você e em mim emana de dois motivos:
a necessidade sexual e o desejo de ser grande.
Quem não gosta de se tornar grandioso e ser considerado muito importante?
A importância pode surgir de você mesmo, e a maneira de satisfazer o desejo de ser importante é infinita. Uma pessoa pode querer se sentir importante, então ela buscará meios para realizar isso, seja de forma positiva ou negativa.
O desejo de se tornar importante está presente desde o surgimento da humanidade, e é esse desejo que fez o homem se desenvolver, o desejo de conquista, de ocupar um lugar na sociedade. Acredito que ser importante é estabelecer limites,e o MEU vai até onde começa o SEU...Ou vice e versa!
Aqui no Japão tenho presenciado atitudes desagradáveis,principalmente agora,com essa crise financeira que atinge o Mundo. São pessoas a todo custo tentando manter o emprego sem respeitar as pessoas que trabalham junto...Esquecem das atitudes errôneas cometidas no passado e hoje tentam apagar as pegadas sujas,tentando produzir mais,"puxando"o saco da chefaiada,pisando nos amigos,fazendo intrigas,causando discórdias...enfim, é lamentável a escolha que certas pessoas tem em optar por essa forma de querer se mostrar importante.
A esses "CORDEIRINHOS" só me resta lamentar. E além da foto acima,deixo também aqui algumas palavras sábias do grande NELSON RODRIGUES que "veste"bem esses LOBINHOS!
*
*
"O que atrapalha o brasileiro é o próprio brasileiro.
Que Brasil formidável seria o Brasil se o brasileiro gostasse do brasileiro".
*
"Eu não sou ninguém para dizer certas coisas, mas o bom no brasileiro é que ele, sem saber de nada, diz coisas horrendas".
*
"O brasileiro é um sujeito que gosta de fazer farra, é um desses que, em pleno velório, põe a mão na viúva".
*
"O carioca é esse sujeito fascinante só na base dos defeitos que tem".
*
"Diga-se de passagem que eu considero o brasileiro o maior sujeito do mundo.
O europeu já está esgotado.
O europeu tem na casa dele pires de mil anos.
Escadas de mil anos.
Tudo é velho pra burro.
Já com o brasileiro é inteiramente diferente".
*
"O brasileiro não está preparado para ser "o maior do mundo" em coisa nenhuma.
Ser "o maior do mundo" em qualquer coisa, mesmo em cuspe à distância, implica uma grave, pesada e sufocante responsabilidade".
*
"O rico e o pobre são duas pessoas.
O soldado protege os dois.
O operário trabalha pelos três.
O cidadão paga pelos quatro.
O vagabundo come pelos cinco.
O advogado rouba os seis.
O juiz condena os sete.
O médico mata os oito.
O coveiro enterra os nove.
O diabo leva os dez.
E a mulher engana os onze".
Coisas extraordinárias nos rondam,
basta que tenhamos
percepção para enxergá-las...
*
Eu tenho algumas paixões na vida
que se expressam de diversas formas,
todas da mesma forma sentidas
sem leis e quaisquer normas.
Tenho paixão pelo mar
e pelas forças da natureza,
um homem poder amar
é a primeira com toda certeza.
Amo a vida com ternura
e todas as suas manifestações,
não me permito a clausura
vivendo todas as emoções.
" ( ... )Quem me observa e quem me escuta Diversas coisas me crê: Sou perfeita a quem me ouve Sou imperfeita a quem me vê. Amam-me tanto nas sombras Quanto na luz se enfastiam; Em mim "acabam-se" muitos Muitos em mim principiam." Manuel l’Hedoux du Bocage
"...Não crie expectativas, espere que os fatos te surpreendam..."

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

"... O segundo sintoma da morte de nossos sonhos são as nossas certezas.
Porque não queremos olhar a vida como uma grande aventura a ser vivida,
passamos a nos julgar sábios no pouco que pedimos da existência.
E não percebemos a imensa Alegria que está no coração de quem está lutando..."
*
*
*
"... Quantas alegrias são pisadas e esmagadas
porque as pessoas levantam os olhos para o céus
e
são indiferentes ao que está a seus pés ..."

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Esse fim de semana, eu assisti esse filme LINDO!
Confesso que foi uma choradeira aqui em casa,o filme é muito comentado aqui no Japão,pois trata-se de uma estória verídica , além de ter uma paisagem linda nas cenas, a estória emociona por que mostra a fidelidade e o sofrimento dos personagens ao mostrar uma estória de amor,determinação e como é um terremoto.
Na pequena aldeia de Yamakoshi, onde vive uma família(avô,pai,2 filhos orfãos de mãe) aparece uma cadela chamada Mari,que é adotada pela família,depois de alguns meses ela dá à luz a três filhotes, para a alegria das crianças Ryota e Aya .
Pouco depois, em 23 de outubro de 2004, um grande terremoto atinge a região, e toda a aldeia de Yamakoshi é reduzida a escombros.
Fora de casa, o pai e o filho
consegue escapar do pior, mas Aya e o Avô Yuzo ficam soterrados nos escombros da casa e depois de algum tempo são resgatados por 2 soldados do exército(graças a Mari) que consegue atrair a atenção dos soldados e eles encontram a menina e o avô.
Uma equipe de salvamento chega a tempo de salvá-los, mas não há espaço para Mari e os filhotes recém-nascidos no helicóptero.
A aldeia é evacuada , Mari e seus filhotes são deixados.
A heroína Mari mais tarde foi transformado em um best- em venda do livro ilustrado e a partir da qual o filme é adaptado.
O filme é realmente emocionante.
Me fez recordar a tragédia de Santa Catarina,onde assisti no Globo Repórter a luta de 1 homem para salvar seus animais de estimação da chuva e da enchente que já alagava toda a propriedade!
Florestas foram derrubadas pela força das águas, levando consigo animais silvestres que não tiveram como escapar ou sobreviver. Tanto nossa fauna como nossa flora, sofreram mais um terrível golpe. O que dizer também dos animais domésticos? Cães foram encontrados mortos ainda atados em suas coleiras, gatos esquecidos, além de todos os animais rurais: galinhas, gado, cabras, morreram afogados sem que seus donos nada pudessem fazer a não ser salvar a si próprios. Muitos animais ainda vagam pelas ruas à procura de suas famílias, sem comida, além dos que continuam ilhados, com medo, frio, à espera do dono. Ração, nem pensar. São necessárias doações de outras cidades. E para quem leu até aqui e se perguntou como se preocupar com os animais se gente é mais importante, agradeço a atenção e digo: que bom que nosso mundo é repleto de pessoas diferentes! Uns cuidam de gente, outros de animais, que bom!
No Blog da CARLA tem informações de telefones,sites e ONG que estão necessitando de ajuda para SALVAR os animais da enchente de SC.
E para refletir eu deixo aqui esse Texto.
Há alguns anos, numa grande enchente na Argentina um anônimo escreveu isto:
*
COMEÇAR DE NOVO
*
Eu tinha medo da escuridão
Até que as noites se fizeram longas e sem luz
Eu não resistia ao frio facilmente
Até passar a noite molhado numa laje
Eu tinha medo dos mortos
Até ter que dormir num cemitério
Eu tinha rejeição por quem era de Buenos Aires
Até que me deram abrigo e alimento
Eu tinha aversão a Judeus
Até darem remédios aos meus filhos
Eu adorava exibir a minha nova jaqueta
Até dar ela a um garoto com hipotermia
Eu escolhia cuidadosamente a minha comida
Até que tive fome
Eu desconfiava da pele escura
Até que um braço forte me tirou da água
Eu achava que tinha visto muita coisa
Até ver meu povo perambulando sem rumo pelas ruas
Eu não gostava do cachorro do meu vizinho
Até naquela noite eu o ouvir ganir até se afogar
Eu não lembrava os idosos
Até participar dos resgates
Eu não sabia cozinhar
Até ter na minha frente uma panela com arroz e crianças com fome
Eu achava que a minha casa era mais importante que as outras
Até ver todas cobertas pelas águas
Eu tinha orgulho do meu nome e sobrenome
Até a gente se tornar todos seres anônimos
Eu não ouvia rádio
Até ser ela que manteve a minha energia
Eu criticava a bagunça dos estudantes
Até que eles, às centenas, me estenderam suas mãos solidárias
Eu tinha segurança absoluta de como seriam meus próximos anos
Agora nem tanto
Eu vivia numa comunidade com uma classe política
Mas agora espero que a correnteza tenha levado embora
Eu não lembrava o nome de todos os estados
Agora guardo cada um no coração
Eu não tinha boa memória
Talvez por isso eu não lembre de todo mundo
Mas terei mesmo assim o que me resta de vida para agradecer a todos
Eu não te conhecia
Agora você é meu irmão
Tínhamos um rio
Agora somos parte dele
É de manhã, já saiu o sol e não faz tanto frio
Graças a Deus
Vamos começar de novo.
Anônimo
*
É hora de recomeçar, e talvez seja hora de recomeçar não só materialmente. Talvez seja uma boa oportunidade de renascer, de se reinventar e de crescer como ser humano.Pelo menos é a minha hora, acredito.Que Deus abençoe a todos.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

"A amizade começa quando,
estando juntas,
duas pessoas podem permanecer em silêncio sem se sentir constrangidas."
*
Não sinto vergonha.
Conheci o amor, conheci a rejeição.
Não tenho medo de expor meus sentimentos.
A confiança por exemplo,
ou a amizade
*
são as coisas importantes da vida,
as coisas centrais que te ajudam a prosseguir.
*
Se não puder confiar nos seus amigos, o que fazer?
O que fazer?
*
Sim, eu acredito que todos precisamos de amigos mas,
se um dia você descobrir que não pode mais confiar neles o que fazer?
O que fazer?

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

NOSSA? O QUE É ISSO?????

Quer saber? CLIQUE AQUI

PARA QUE SERVE UMA RELAÇÃO? © Martha Medeiros
"Uma relação tem que servir
para tornar a vida dos dois mais fácil.
Vou dar continuidade a esta afirmação
porque o assunto é bom
e merece ser desenvolvido.
Algumas pessoas mantêm relações
para se sentirem integradas na sociedade,
para provarem a si mesmas
que são capazes de ser amadas,
para evitar a solidão,por dinheiro ou por preguiça.
Todos fadados à frustração.
Uma relação tem que servir
para você se sentir
100% à vontade com outra pessoa,
à vontade para concordar
com ela e discordar dela,
para ter sexo sem não-me-toques
ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.
Uma relação tem que servir
para você ter com quem ir ao cinema
de mãos dadas, para ter alguém
que instale o som novo
enquanto você prepara uma omelete,
para ter alguém com quem viajar
para um país distante,
para ter alguém com quem ficar em silêncios
em que nenhum dos dois se incomode com isso.
Uma relação tem que servir para,
as vezes,estimular você a se produzir, e,
quase sempre,estimular você a ser do jeito que é,
de cara lavada e bonita a seu modo.
Uma relação tem que servir para um e outros
e sentirem amparados nas suas inquietações,
para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças
que há entre as pessoas, e deve servir
para fazer os dois se divertirem demais,
mesmo em casa, principalmente em casa.
Uma relação tem que servir para cobrir as
despesas um do outro num momento de aperto,
e cobrir as dores um do outro num momento
de melancolia, e cobrirem o corpo
um do outro quando o cobertor cair.
Uma relação tem que servir para um
acompanhar o outro no médico,
para um perdoar as fraquezas do outro,
para um abrir a garrafa de vinho
e para o outro abrir o jogo,
e para os dois abrirem-se para o mundo,
cientes de que o mundo
não se resume aos dois".

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Tempo de ser feliz
Letícia Thompson

Há coisas que nada como o tempo para resolver.

Não, ele não resolve, claro, mas deixa essa impressão de que o tamanho das coisas é bem menor visto de longe. Enormes problemas hoje podem assim ser vistos de maneira diferente amanhã ou depois.

Eles não são, provavelmente, menores, mas o primeiro susto já passou e podemos ser mais objetivos.

Quando estamos por demais envolvidos por nossas emoções, nosso racional se perde.

Só mesmo as águas calmas depois da tempestade podem nos mostrar o quanto somos resistentes.

Mas... como nem tudo na vida é branco e nem tudo é preto, o tempo, de aliado pode passar a ser um inimigo.

E se a vida fosse menos complexa teríamos mais habilidade para saber onde encontrar a diferença,

a sútil diferença entre o que se deve deixar passar e o que se deve apegar.

Se algumas situações se acalmam com o passar do tempo, outras apenas se acomodam e nos dão a ilusão de que o tempo apenas está curando.

Infelicidades e insatisfações do coração não se resolvem e não se tornam menores com o tempo, elas apenas se instalam e criam raízes.

Acreditamos assim com a força da nossa alma que um dia ao acordar algo terá mudado, que o amor perdido terá voltado, que a vida terá o mesmo sabor que antes ou que terá, melhor ainda, o gostinho do melhor dos nossos sonhos.Engano!

... Certas coisas precisam do toque das nossas mãos, precisam da nossa vontade e força, da nossa disposição e da nossa fé. O tempo de amanhã será o mesmo se agirmos ou não, mas nós não seremos os mesmos. Precisamos aprender a dizer "não" ao que não nos convém, ao que não nos satisfaz, ao que nos mata silenciosamente.

Precisamos abrir-nos à vida e viver de maneira que amanhã, olhando para trás, não tenhamos tantos arrependimentos, apenas o sentimento de auto-satisfação, esse sentir de que o tempo passou, mas não passou sozinho, pois tivemos a sabedoria de caminhar de mãos dadas com ele, tal qual a noiva cheia de sonhos, prometida à felicidade.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

PENSAMENTO POSITIVO
Não leve em conta a minha ou a sua religião, pois o que mais importa,
é a nossa conclusão sobre a melhor forma de viver em Paz,
em Harmonia, e, respeitando sempre a individualidade de cada um,
pois afinal, a nossa estada aqui é passageira.
Quando você conseguir superar graves problemas de relacionamento,
não se detenha na lembrança dos momentos difíceis,
mas na alegria de haver atravessado mais esta prova em sua vida.
Quando sair de um longo tratamento de saúde,
não pense no sofrimento que foi necessário enfrentar,
mas na benção de Deus que permitiu a cura.
Leve na sua memória, para o resto da vida,
as coisas boas que surgiram nas dificuldades.
Elas serão uma prova de sua capacidade,
e lhe darão confiança diante de qualquer obstáculo.
(Chico Xavier)
Grêmio = Sepultura
Um de nossos sucessos internacionais. Mas na terra do molejo e do samba faceiro - exceção feita ao seu público fiel - muitos acham que eles pegam pesado demais.
*
Corinthians = Michael Jackson
Um dos mais populares da história, envolveu-se em escândalos e até mudou de cor. Têm apostado em criancinhas como Lulinha e Dentinho.
*
Palmeiras = Aerosmith
A banda tem enorme tempo de estrada. Mas suas músicas só atingem o estrelato quando faz alguma parceria.
*
São Paulo = Queen
Já foi eleita a melhor do mundo uma quantidade de vezes. E um dos seus integrantes é assumidamente homossexual.
*
Santos = Beatles
Nos anos 60, não tinha pra ninguém, até hoje é lembrado no mundo inteiro pelos sucessos de 40 anos atrás.
*
Vasco = Oasis
Banda de qualidade e importância inquestionáveis. Todo mundo quer gostar dela quando ouve, mas a imagem do líder Euricão Gallagher faz muita gente sentir aversão.
*
Internacional = Led Zeppelin
Reinou nos anos 70 e morreu nos 80. Seus líderes conseguiram juntar os cacos e voltar nos anos 2000, com uma inesquecível turnê mundial.
*
Atletico MG = Raul Seixas
Mesmo sem ter alcançado o estrelato tantas vezes, conseguiu se consolidar como um dos artistas mais populares do país. Seus fãs são tão apaixonados que tem fama de malucos.
*
Fluminense = Titãs
Banda charmosa e simpática. No Brasil, é querida por muitos. O problema é que ninguém nunca ouviu falar fora de nossas fronteiras.
*
Botafogo = Rolling Stones
Seria o maior da década de 60, se não houvesse um rival mais popular...Teve seu Satisfaction em Garrincha. Há alguns anos retomou o rumo e está feliz da vida.
*
Cruzeiro = Paralamas do Sucesso
Na América do Sul é respeitado e campeão de vendas. Mas quando participa de um festival com bandas européias é café com leite.
*
Flamengo= Jorge Ben Jor
Há muito tempo não produz um grande sucesso, mas é incrível como segue popular e nunca sai da moda.
"...Antes de embarcar em uma jornada de vingança, cave duas covas..." Confúcio
*
"...Há muitos caminhos para se chegar no mesmo lugar..." Ditado Apache
* "...O problema desse governo
é que ele mata os ricos de raiva
e os pobres de fome..." Maria da Conceição Tavares
* "...Ria de si mesmo, antes que os outros o façam..." Elsa Maxwell
Esse site AQUI é um site onde você pode consultar (e enviar) frases, citações, e, provérbios de famosos ou de sua autoria.
" Eu já sei o que meus olhos vão querer
Quando eu te encontrar
Impedidos de te ver Vão querer chorar
Um riso incontido
Perdido em algum lugar
Felicidade que transborda
Parece não querer parar
Não quer parar,
Não vai parar... "
(Quando eu te encontrar - Biquini Cavadão)
“A AÇÃO não manda, faz;
a OMISSÃO, porém deixa até de mandar
para não ter o que fazer.” Fernando Edson Tavares

Mesmo quando tudo pede

Um pouco mais de calma

Até quando o corpo pede

Um pouco mais de alma

A vida não pára...

*

Será que é tempo

Que lhe falta prá perceber?

Será que temos esse tempo

Prá perder?

E quem quer saber?

A vida é tão rara

Tão rara...

(Lenine)

A mídia Brasileira focalizou suas lentes no pai e na mãe dessa linda menina,o nome dela é Suri Holmes Cruise.

Reconheceu o sobrenome ? Sim...ela é filha de Tom Cruise!

E fiquei encantada com esse site AQUI que fala TUDO sobre a Suri.Muitas fotos lindas!

Lembrete
Mário Quintana
A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
*
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira. ..
Quando se vê, já terminou o ano…
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já se passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.
* Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.S
eguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas. Desta forma, eu digo:
não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo; a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.”
A Superinteressante oferece todo o seu acervo de textos gratuitamente! São mais de 12 mil páginas com as matérias de capa e algumas das seções que construíram a história da revista. Em breve, todos os especiais, o restante das seções e o conteúdo integral das edições em 2007 também estarão disponíveis. Só mesmo uma revista tão Super poderia fazer isso!
Com certeza uma rica fonte de material de pesquisa para trabalhos escolares. É só clicar no Ano, escolher a Capa da Revista, e acessar todo o seu conteúdo. CLIQUE AQUI
A arte de não adoecer Dr. Dráuzio Varella
Se não quiser adoecer - “Fale de seus sentimentos”
Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.
*
Se não quiser adoecer - “Tome decisão”
A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.
*
Se não quiser adoecer - “Busque soluções”
Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.
*
Se não quiser adoecer - “Não viva de aparências”
Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso… uma estátua de bronze, mas com pés de barro.Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.
*
Se não quiser adoecer - “Aceite-se”
A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.
*
Se não quiser adoecer - “Confie”
Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.
*
Se não quiser adoecer - “Não viva sempre triste”
O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. “O bom humor nos salva das mãos do doutor”. Alegria é saúde e terapia.

SOCORRO!!! POR FAVOR, NÃÃÃOOO, A GENTE NÃO MERECE! Cada pessoa tem seu gosto musical, e o meu NUNCA seria CALYPSO.

Gosto é igual:(piiii) cada um tem o seu...

Postei aqui para que eu e outros com esse problema da crise mundial lembre sempre que Nada é tão ruim que não possa piorar. A prova ta ai!

sábado, 7 de fevereiro de 2009

????? COMO ESCREVE ?????

Achei esse site de CONVERSOR DO ACORDO ORTOGRÁFICO , bem prático que você escreve seu texto, clica no botão e já vê o texto corrigido com as palavras que foram alteradas em vermelho. Há ainda um Guia do Acordo Ortográfico que apresenta o acordo de um jeito resumido, bem fácil de entender.

Nessa Galeria de Livros Infantis você escolhe o livro, clica e pode lê-lo todinho com as crianças. Que idéia legal! Vi no COISAS QUE GOSTO , excelente blog .

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Esse site AQUI é muito LEGAL!

Pra quem gosta de brincar com as fotos e fazer várias montagens é bem divertido e fácil. Quer aparecer na tela do OBAMA? É só clicar no SITE .

Eu gosto tanto de você Que até prefiro esconder Deixo assim ficar Subentendido Como uma idéia que existe na cabeça E não tem a menor obrigação de acontecer Eu acho tão bonito Isso de ser abstrato, baby A beleza é mesmo tão fugaz É uma idéia que existe na cabeça E não tem a menor pretensão de acontecer Pode até parecer fraqueza Pois que seja fraqueza então, A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber
(Lulu Santos)

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Esse jogo é pra você ir se acostumando a "REBOLAR"com a crise Mundial.
É um jogo que vicia, muito LEGAL mesmo!
Para entender e jogar é só clicar AQUI
Saudadezinha
(Tati Bernardi)
Ainda que eu esteja numa fase bacana e sem nós no peito (o que por um lado é ruim pois a paz sempre me dá alguns quilinhos a mais e alguns textos a menos), resolvi embarcar num momento nostalgia.
Não sei se foi o clima de Natal ou de Ano Novo.
Não sei se é porque agora, nesse exato momento, estou ouvindo “I know it’s over”, do Smiths, e tomando uma taça de vinho.
Só sei que a noite está pedindo e resolvi fazer uma sessão nostalgia.
Acho normal. Acho perfeitamente normal lembrar com carinho que você sempre dava um jeito de me mandar mensagens em datas festivas.
Estivesse você casado ou namorando ou ilhado num templo budista, dava um jeito. Era como se dissesse, sem dizer “eu sei que já faz tempo, mas ainda amo você”. Também me faz bem lembrar que você nunca, nunca, nunca se alterava.
Trouxesse o garçom o pedido errado pela terceira vez ou fizesse um playboy qualquer uma tremenda barbeiragem em cima do seu carro.
Você nunca estragava nossas noites. Eram tão raros os nossos momentos, você dizia, que eram para ser sempre bons.
E de fato sempre eram.
Eu tenho saudade de mil coisas e todas essas mil coisas sempre caem na mesma única coisa de que eu tenho tanta saudade: sua leveza.
Você me dizia que jamais iria me cobrar leveza, pois me amava intensa.
E me pedia que fizesse exatamente o mesmo, ainda que ao contrário, por você.
E eu não obedecia nunca, afinal, pessoas intensas não obedecem.
E assim nós seguimos, por alguns bons anos entrecortados, sendo tão parecidos ainda que tão atraídos mutuamente pelos nossos opostos.
A gente era parecido principalmente porque topava as coisas mais malucas como, por exemplo, brincar que tinha acabado de se conhecer numa festa, ainda que tivesse ido junto para a festa.
E por horas ficávamos nessa bobeira e nenhum dos dois ria. Até que alguém pedia, cansado, “já pode voltar ao normal? É que está me dando vontade de transar e eu não transo com desconhecidos”.
Eu tenho saudades de tudo.
Da gente acordar sua vizinha de tanto rir de coisas bestas, do seu carro sempre bagunçado, da paciência que você tinha com meus quase quinze anos a menos, da mania que você tinha de arrumar minhas roupas em cima da cama enquanto eu tomava banho e de quando você apertava os ossinhos das minhas costas no escuro e falava, baixinho: “ai, como essa menina gosta de fazer drama!”.
Não é um sentimento egoísta e muito menos possessivo.
É apenas uma saudadezinha.
Gostosa, tranqüila, bonita, saudável, de longe. E, quem diria: leve.